sexta-feira, 21 de agosto de 2009

História de padeiro

Por ocasião da escrita de minha monografia de conclusão do curso de História sobre a Panificadora São José, ainda na fase de pesquisa entrevistei Wanderley Nicoletti, o último dos irmãos homem, ainda vivo. Na ocasião ele me contou o seguinte acontecido:

Um dia o Paulinho saiu pra entregar o pão. Chegou numa casa, tava cedinho ainda, a porta tava aberta ele era conhecido e entrou e pediu um gole de café. Aí a dona da casa foi lá buscar o café e deixou ele sentado no sofá. Quando ela voltou com o café ele tava dormindo no sofá. E ela ficou com dó de acordar ele e deixou ele ali dormindo. Pouco mais tarde os fregueses começam a ligar: “ué Mário cadê o pão que não chegou até agora”? Nisso o Mário pega a perua (uma Rural Willis) e vai atrás do Paulinho e encontrou a carroça parada. Ele chegou e ele tava dormindo e a dona da casa justificou: “ué fiquei com dó de acordar ele e deixei dormir mais um pouco”. (Wanderley Nicoletti, depoimento agosto/2006)

Nenhum comentário:

Postar um comentário