terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Casa de Jamil Farid Safatle

Esta fotografia e os comentários abaixo me foram enviados por Jamil Safatle, filho de Jamil Farid Safatle e Luíza Bastos Safatle.

Esta casa foi construída na década de 50 pelo meu avô Farid Miguel Safatle. Observe as curvas da construção. Primeiramente foi residência do meu tio Oswaldo Saad(falecido em novembro deste ano) e a Tia Mary Farid Safatle. Logo eles se mudaram para São Paulo e a casa tornou-se residência do meu Tio Nazir Farid Safatle e Tia Maria Licia Neto Safatle(A Tia Licinha). Alguns anos se passaram e eles contruíram uma casa ao lado e a partir do ano de 1962(se não me falha a memória) eles mudaram para a casa nova e esta se tornou a residência de meu Pai, Jamil Farid Safatle e minha mãe Luiza Bastos Safatle juntamente com o meu irmão Farid Miguel Safatle(eu ainda não havia nascido). Esta casa se situava na Rua Dr. Pedro Ludovico, 446, em frente ao pronto socorro do hospital Nasr Fayad e também em frente do Hotel Oeste. Há 12 anos meus pais se mudaram para Patos de Minas e a casa foi vendida para um grupo de empresários para a construção de um laboratório. Infelizmente a casa não foi aproveitada para este fim e foi demolida, dando origem a um prédio(dizem as más linguas que o imóvel seria tombado como patrimônio histórico o que acelerou a sua demolição - pelo menos esta foi a informação que nós tivemos aqui em Patos). Porém acho interessante resgatar imagens da Rua Pedro Ludovico, onde tivemos ilustres moradores. Só pra citar alguns no nosso quarteirão: Seu Nicanor, O Delis, O Tio Nazir, o Tio Naim e a Tia Nadima, meu pai Jamil, Seu Cassiano, o Paulo(do antigo bar do Paulo), o seu Geraldo(Eletrolar), enfim, todos catalanos da gema que de uma forma ou de outra contribuíram para o desenvolvimento de nossa cidade.

2 comentários:

  1. Só para complementar mais alguns moradores desse quarteirão citado, Vânia Lucas, Helena e Zilah Lucas e os migrantes Edilson de Medeiros e Anacleto Zanella...

    ResponderExcluir
  2. Fiquei hospedado nessa casa por duas vezes, em 80 e alguma coisa. Era amigo do Jamil (filho) e tenho ótimas lembranças da cidade e da hospitalidade do Sr. Jamil e d. Luiza.

    ResponderExcluir