terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Cenas Urbanas

A Av. 20 de Agosto no trecho compreendido entre as ruas Egerineu Teixeira e Wagner Estelita Campos. Do lado direito o imóvel que abrigou por vários anos a LBA - Legião Brasileira de Assistência. Ao fundo o sobrado da Netto e Cia. Concessionarios Chevrolet. No alinhamento direito da rua os imóveis são os mesmos de hoje tendo, porém, sido reformados e adaptados para funcionarem como comércio. O primeiro imóvel após a LBA era a Farmácia São Francisco de propriedade de José de Melo. Do lado esquerdo alguns imóveis, também, são os mesmos até hoje e, da mesma forma, passaram por reformas e adaptações para servirem de comércio, casos, por exemplo da Terrafértil, Chaud Imóveis e outros. À esquerda o primeiro imóvel não existe mais. em seu lugar foi construído um sobrado por Adib Elias, pai do ex-prefeito Adib Elias Jr. que ali tinha, então, um armazém. Posteriormente, seu filho Carlos Cesar Elias, o Dida, instalaria a lanchonete Stalo que foi um dos "points" mais frequentados na década de 1970. Dois detalhes nesta fotografia: o primeiro um impresso colado no poste de madeira à esquerda divulgando, ao que parece, as Lojas Riachuelo e o segundo detalhe é a iluminação. Reparem que a luminária ficava pendurada pela fiação no centro da via pública.

A sede do Banco do Brasil ainda em construção. A placa à esquerda identifica o construtor responsável: Francisco Tozzi. Observem ao fundo e na lateral esquerda espaços vazios o que denuncia a pouca ocupação urbana. Na década de 1970 uma nova sede (a atual) seria construída e a antiga, anos depois de ter sido desocupada, seria ocupada pela Caixa Econômica Federal, isso no início dos anos 1980 uma vez que fotografia aqui publicada de 1979 mostra que neste ano a Caixa ainda funcionava onde hoje está a Gráfica São João.

Nenhum comentário:

Postar um comentário