quinta-feira, 22 de abril de 2010

Consertando a cruz

Consolines Paz, pai do Capitão Paz,da Polícia Militar. Consolines, que era serralheiro, nesta fotografia aparece fazendo alguns consertos em uma das 3 cruzes que ficavam no alto do morro e onde foi construída a rodoviária e, posteriormente, o Centro de Convenções "Labiba Faiad".

4 comentários:

  1. Também é pai do poeta e ator Paulo Pazz. Uma família fantástica...

    ResponderExcluir
  2. Não tem como me emocionar ao ver e reviver tudo que passei ao lado deste homem honrado e de uma alegria espontânea.
    Delego a ele tantas honras, não por ser meu pai, mas por ser, antes de tudo, um homem de princípios e de uma graça inenarrável.
    Meu Pai... Meu PAiZ que me faz muita falta!!!
    Paulo Pazz

    ResponderExcluir
  3. Consolines Paz Júnior22 de abril de 2010 16:48

    Me emociono ao ver a fotografia e me alegro quando alguém com tamanha integridade e responsabilidade faz menção ao nosso inesquecível Pai(imortal pra nós...), conhecido também como o "Tôzo Serralheiro". E foi dessa forma que, juntamente com a D. Orlanda Professora, criaram seus sete filhos. Isso não é apenas uma recordação... É VERDADEIRAMENTE UMA HOMENAGEM À FAMÍLIA PAZ. Muito Obrigado! Capitão Paz.

    ResponderExcluir
  4. É meu amigo Paulo Paz, vc sabe como sua amiga aqui é uma manteiga derretida né??? Não sei se me emociono mais com a foto linda postada por nosso amigo Sylvim ou com as palavras desse grande poeta que vc é...
    Mas tanto a foto desse grande e saudoso amigo de meu pai, como as suas palavras geram emoção.
    E como um dia meu pai me disse: "Saudades não se define, sente-se"...
    Sylvim parabéns por mais essa...
    Abraços, da amiga, Maysa Abrão!

    ResponderExcluir