quinta-feira, 6 de maio de 2010

O sapo denuncia: ela está grávida

Esta bela jovem é Sedy Rosa. Durante alguns anos foi auxiliar do Professor João Martins Teixeira no laboratório da Santa Casa de Catalão. Curiosamente, Prof. João Martins introduziu no laboratório a técnica de se diagnosticar a gravidez utilizando um sapo, isso mesmo, um sapo. Esta técnica, desenvolvida por Galli Mainini consiste noseguinte: colhe-se a urina da mulher suspeita de estar grávida e injeta-a num sapo macho. A presença do hormônio "gonadotrofina coriônica" na urina da mulher induz o batráquio, ao urinar, a eliminar espermatozóides. Assim, o laboratorista colhia a urina do sapo e, ao microscópio, procurava pelos espermatozóides do animal e, em caso positivo, a gravidez era diagnosticada. Sedy Rosa realizou inúmeros testes dessa natureza sob a supervisão do Prof. João Martins, o qual mantinha um "sapário" de onde retirava os bichos para a realização dos testes. Sedy reside em Belém.

2 comentários:

  1. Tenho muita SORTE mesmo. OLhem como minha mãe era LINDAAAAAAA! Perfeita!!!
    Ela trabalhou muitos anos com o Drº. João Martins no laboratório,naquela época era perto da Nova Matriz, quem lembra?
    Depois que foi para Santa Casa.
    Obrigado!!!
    Abraços
    MÁRCIA ROSA

    ResponderExcluir
  2. Linda esta fotografia. Minha tia, com muito orgulho, posso falar, um exemplo de mulher.


    Ps.: Adorei a matéria, não tinha conhecimento sobre o assunto.

    ResponderExcluir