sexta-feira, 7 de maio de 2010

A Capelinha do Antero

O personagem Antero da Costa Carvalho, passados mais de 70 anos desde a brutal sessão de torturas que colocou fim à sua vida, ainda desperta muita emoção nas pessoas que o tem por santo, além, é claro, de muita curiosidade sobre os fatos que o levaram a tão violento fim. Domingo, dia 2 de maio, sai para fotografar resquícios de logradouros que não existem mais, quando me ví diante da capelinha do Antero. Fiquei por ali fotografando, subi na mureta pra tentar enxergar dentro da capela quando um senhor, gentilmente, me perguntouse eu queria entrar na capela. Aceitei a oferta e ao entrar, confesso, fui invadido por uma sensação muito estranha principalmente ao ver a quantidade de objetos, fotografias, imagens, pedidos, tudo deixado ali com a intenção de se conseguir uma graça ou por gratidão a Antero, tido por muitos como milagreiro. As 5 fotografia a seguir mostram mais um pouco da história de um dos mais bárbaros crimes de Catalão e que até hoje permanece envolto em muitas dúvidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário