segunda-feira, 28 de junho de 2010

O consagrado ator Marlon Brando em uma de suas clássicas interpretações como o revolucionário mexicano, Emiliano Zapata. O filme é a dramatização de um dos eventos históricos da maior importância no ocidente: a Revolução Mexicana. O interessante a observar é que, em 1968, o Brasil já estava sob o regime militar havia 4 anos. Todavia, foi somente com a promulgação do funesto Ato Institucional nº 5 - AI-5, em 1969, que o governo usou e abusou da censura. "Viva Zapata", portanto, pode ser exibido sem cortes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário