terça-feira, 9 de novembro de 2010

Alguns Catalanos

Da esquerda pra direita: Cleiber Caixeta, Maurício Salles, Reinaldo Metsavath, ? e Sebastião "Fotógrafo Bomba". Maurício Salles, conhecido como Maurício do Vavá (apelido de seu pai) é filho de Helena Salles, portanto, neto do imigrante árabe Antonio Salles. Esposo da professora Iracy, de português, Maurício mudou-se com a família para Rio Verde, após a perda de um filho em trágico acidente nas ruas de Catalão, isso em meados da década de 1980. Maurício é o que se pode chamar de "uma mente brilhante" tamanha facilidade em lidar com a eletromecânica sem, contudo, ter formação técnica ou acadêmica. Como se sabe, seu tio, homônimo do avô, Antônio, foi professor da L'universite Paris-sorbonne (Paris IV)  onde chegou a lecionar francês.
Cleiber é funcionário aposentado do Banco do Brasil; Reinaldo, falecido há pouco, era técnico em eletrônica e possuía uma oficina de consertos, hoje sob os cuidados do filho Marcelo. Bomba, um dos mais tradicionais fotõgrafos de Catalão, tinha seu estúdio (Foto Planalto Bomba) na Rua Dr. William Faiad, acima do Chiquinho Sorvetes.

Um comentário:

  1. Cmo é bom ver fotos de pessoas que conheci há tanto tempo. Maurício Salle, por exemplo, é um dos maiores amigos de meu irmão Ivan Sant'Anna. Uma mente brilhante com certeza.

    ResponderExcluir