domingo, 2 de janeiro de 2011

Primeiro dia do primeiro ano...

O dia 1º de Janeiro é consagrado à confraternização Universal. Mas, podemos dizer que é consagrado, também, à ressaca. A sequência de fotografias a seguir, todas tiradas no dia 1º de Janeiro de 2011, é uma comprovação disso. Eu procurei retratar a situação de algumas das mais movimentadas localidades da cidade nesse primeiro dia do ano, um dia, como se diz na gíria, "meio beiçudo" numa referência ao céu fechado, cinzento. Não é difícil perceber o vazio das ruas e avenidas, principalmente, em se tratando de um sábado, dia hístórico, aliás, marcado pela posse da primeira mulher a dirigir o país. Dia cujas negras nuvens podem ser traduzidas como um mal presságio? Perguntaria um supersticioso. Melhor mesmo é deixar que o tempo responda esta e tantas outras indagações que habitam o imaginário popular e, por vezes, místico.
E Catalão começa assim o primeiro dia, do primeiro ano, do primeiro mandato, da primeira presidenta da república: sonolenta, silenciosa, quieta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário