segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A turma era das melhores

As festas na Chácara do Chaud, principalmente, quando se comemorava o aniversário do Dudu, era, das mais animadas e frequentadas pela "good people" catalana. Da esquerda pra direita: José Maurício, Hernane, Ivana, Dudu, Howard, Marcelo Goulart, Buchecha, Jorge de Melo, Fábio Rocha, Luciene, Júlio Alfredo Pachoal e ?

A Piscina da Charqueada

Nesta fotografia, Tonimchaud e Isac posam em um dos locais que foi, durante algum tempo, algo como um "sonho de consumo": a piscina da Charqueada. Tempos atrás eu publiquei uma fotografia do que restou da piscina. A piscina ficava na área da Charqueada, que ficava no início da Av. 20 de Agosto, próxima onde foi erguida a capelinha do Antero (descendo a rua da capelinha). Frequentar a piscina não era fácil, era preciso levar uma autorização de um dos proprietários da Charqueada e nesta época (década de 1970) eram poucas as pisicinas exitentes em Catalão, de forma que, no nosso rigoroso verão, a vontade de frequentá-la  era imensa.

Jorge Primo

O senhor de camisa listrada é Jorge Primo, fundador da fábrica do Guaraná Amazonas. Sua residência ficava na Rua Pedro Ludovico ao lado da Auto Peças Alvorada e, no local, foi erguido um edifício de apartamentos. Esta fotografia é de final da década de 1970, início de 1980.  Ao fundo a sede do Banco do Brasil e a cobertura do Posto Aguiar. De camiseta cavada, Dudu Chaud.

Turma

Dudu Chaud, Isac, Tonim Chaud e Zé Maurício.

Olha as horas

Da esquerda pra direita: Wisner Tatuci (de bigode), Mário Nicoletti, Tonim Português (com o copo na mão). Os demais, vou tentat descobrir. Este que Tonim Português está abraçando, me parece, está segurando um relógio de bolso sob o olhar atento dos companheiros. Pendurados no arame, o que me parece ser carne seca. O senhor de terno tenho suspeitas de ser José Pedro, irmão de Fued Pedro e pai de Pidim (O Catalão).

Distintos senhores

Da esqueda pra direita: Nazir Safatle, Silvio Netto de Campos, Joaquim Martins, Mário de Cerqueira Netto, ?, Chico Cassiano, Dr. Jamil, José Teodoro de Souza e Paulo Caicó. Esta fotografia foi tirada na fazenda de Dr. Jamil Sebba, às margens do Ribeirão Ouvidor da Taquara e que hoje pertence a Copebrás. Os distintos senhores estão consumindo um barril de chopp, provavelmente, Antárctica, fornecido pelo Zick Abrão. Dr. Jamil empunha uma câmea fotográfica. Fotografia, creio, da década de 1970.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Tisiu

Uma figurinha sempre presente em nossa fauna, é o Tisiu, um passarinho bem preto, pouco maior que o beija flor. O Tisiu possui uma peculiaridade bastante pitoresca, pra não dizer engraçada: ele fica dando saltos sem sair do lugar e a cada salto ele emite um som parecido com "tisiu". A filmagem abaixo, que eu realizei com equipamento amador, é de um tisiu dando seus pulos. Prestem atenção no alto da árvore.
video

Quem é o animal?

Enquanto uns constróem...


... outros destróem! Quem é o animal?

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Otávio e Farid

Fotografia muito interessante. Ela mostra um palanque onde se encontra o, então, governador Otávio Lage de Siqueira e o saudoso radialista Farid Nahas. Uma faixa instalada no palanque faz alusão à chamada Revolução de 64. Abaixo um pedaço da palavra "Democracia". Otávio Lage assumiu o governo de Goiás em 31 de janeiro de 1966, com a deposição de Mauro Borges, e governou até 20 de maio de 1968. Fora eleito para um segundo mandato que durou de 3 de julho de 1968 até 15 de março de 1971.

Externato Santana

Alunos do Externato Santana admnistrado por Rosentina de Santana e Silva, a dona Yayá (ao centro). Na fotografia ele aparece ladeada por suas auxiliares, entres elas, Dilena Netto, a segunda à esquerda de Dona Yayá. Não são poucos os profisionais liberais catalanos, principalmente, médicos e advogados, que inciaram a vida escolar sob os auspícios de Dona Yayá e, certamente, vários deles estão nesta fotografia.

Fábrica de bloquetes

Trabalhadores da fábrica de Bloquetes inaugurda pelo ex-prefeito Paulo Hummel, em meados da década de 1960. Os bloquetes ali fabricados saiam com as iniciais PH (Paulo Hummel). A fábrica ficava em um terreno ao lado da Clínica D. Bernardina, na esquina das ruas Dr. William e Cel Afonso Paranhos. Ao fundo vê-se o galpão que pertence à família de Wisner Tartuci, que nesta época servia de depósito de mercadorias de uma loja de móveis e que mais tarde abrigou a Bettu's Pizzaria. Hoje no local funciona uma loja de confecções. É possível ver, também, milhares de manilhas utilizadas na contrução da rede de esgoto.

Ambulatório Santo Antônio

Ambulatório Santo Antônio que, de acordo com inscrição na fachada, era mantido pela Sociedade São vicente de Paulo. Na fotografia de terno branco, no centro da imagem, Dr. Jamil Sebba e um pouco mais à esquerda, de terno claro, Rivadávia de Mendonça. Estão presentes, também, Dr. Davi Persicano e Dr. Luis Alcântara. A Sociedade São Vicente de Paulo foi inaugurada em Catalão, no ano de 1949. O Ambulatório Sto. Antônio, aqui mostrado, salvo engano, ficava na, hoje, Av. 20 de Agosto, nas imediações de onde hoje fica a Gracinha Boutique.

Divino

Conhecido personagem, que já teve algumas fotografias publicadas aqui no NOSSOCATALAO. Trata-se do popular Divino do Frederico (numa alusão a Frederico Campos em cuja casa Divino morou por vários anos). Divino, atualmente, conta com idade em torno de 75 anos, talvez mais e mora com Luis Pereira Martins, na fazenda Buriti, município de Paracatu-MG. Divino vem a Catalão, somente uma vez por ano, durante a FEsta do Rosário, integrante que é do Terno do Prego.

CRAC, Campeão da 2ª Divisão

Time do CRAC, campeão da 2º Divisão em 1965. Desse time sairia a base do time campeão em 1967. Da esquerda para direita (em pé): Silvio e Enio Paschoak, Nego, ?, Lázaro, Luiz Carlos, Silvio Salomão, Macaúba, Osires Ulhoa, Antônio Rodovalho.
Agachados: ?, Edir, Dezoito, Zé Tavares, Hozana, ?

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Cachoeira Maratá

video
Este vídeo gravei com minha câmera fotográfica e mostra a Cachoeira Maratá, situada no município de Pires do Rio. O local é dos mais aprazíveis. Vale a pena conhecer.

OLha o carnaval aí gente!!!

Fotografia das mais interessantes e de valor histórico inestimável: data do Carnaval de 1930 e mostra um carro alegórico de tração animal. Ao fundo a inscrição na parede identifica o "Açougue Popular". Uma fotografia publicada há vários meses, mostra o mesmo açougue que ficava onde funcionou, por décadas, a sede social do CRAC, na Av. 20 de Agosto, em frente à Praça Getúlio Vargas. 

1938: chopp e churrasco

Esta fotografia já foi publicada logo quando coloquei o NOSSOCATALAO no ar. Todavia, a primeira versão era uma cópia de impressão tipográfica. Esta é a original e trata-se de um churrasco, havido em 1938 na chácara de Luiz Hohl e estão presentes, entre outros, Públio de Souza (prefeito), Olavo, Maedson, Tarciso Gomes Pires, Iacer Calixto, Oswaldo Schlag, José Kotnik, João Paschoal, Antônio Azzi e Cristóvão Bibica. Interessante notar que quase todos trajam terno e gravata. O evento foi regado a chopp: reparem a torneira logo atrás do menino agachado. Á direita, um espeto é mostrado com toda reverência.

Reconhecimento

Fotografia que registra solenidade no Palácio do Catete, sede do governo federal, em que o então presidente da república, Juscelino de Oliveira Kubistchek, entregou diploma de reconhecimento a alguns municipios pelos índices de desenvolvimento apresentados. entre eles, Catalão que, à época, estava sob a batuta de Antônio Chaud, o segundo da direita para esquerda.

Casas Pernambucanas

Vista geral da então Rua do Comércio, hoje Av. 20 de Agosto, a partir da praça Getúlio Vargas. Nesta época, por volta de 1940, onde hoje está instalada a Drogasil, funcionava uma filial das Casas Pernambucanas, cujo letreiro pode ser visto na imagem.

1903

Fotografia em cujo verso há uma inscrição indicando a época: 1903. Não há identificação de quem seja, todavia, a imagem mostra os trajes típicos da época. Observem a manta sobre o arreio, com estampa de pele de onça. Ou será, na verdade, a própria pele do felino?

Sebastião Pinto

Lembrança da Missa de 7º dia de Sebastião Pinto Ribeiro ou, simplesmente, Bastião Pinto. Bastião é pai de Tereza Ribeiro, conhecida ex-funcionária do Banco do Estado de Goiás. É, também, pai de Luiz, do Bilhar Ribeiro. Na década de 1970, Bastião tocava uma lanchonete no Edifíco Faiad, onde hoje está a Drogasil. chamava-se Big Lanche. Ali, onde os filhos o ajudavam, fabricava-se sorvete e picolés e, como não poderia faltar, tinha uma mesa de sinuca. Marcou época.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Aéreas

As 4 fotografias a seguir são tomadas aéreas de Catalão, todas da década de 1990. Minha intenção é proporcionar a vocês, um exercício de identificação dos locais mostrados e, assism, vocês poderão verificar como, em curto espaço de tempo, a cena urbana se modifica.



Do alto

Vista áerea da Chácara do Chaud. Imagem de fevereiro de 1995.

Time de galáticos

Time de futebol cuja formação conta com craques de primeiríssima linha. Em pé, da esquerda pra direita: Divino Reis, Jacy Salomão, Totó Sebba (falecido recentemente), Ronaldo Rios, João Aguiar, Edir, Pedro Goulart (ex-presidente do Goiás e que já havia dirigido o CRAC na década de 1960) e Braz (ex-guarda da Caixa Econômica).
Agachados: Lázaro (campeão pelo CRAC em 1967), Ademir Aires (odontólogo), Dr. Silvio Paschoal, Zick Abrão, Divano Elias (ex-prefeito de Catalão) e ?.

Irmãos Salles

Os irmãos José e Antônio Salles, filhos do imigrante árabe Antônio Salles e D. Iracy Campos Salles. José foi contador e Antônio, depois de estudar e lecionar em Sorbone, retornou ao Brasil e assumiu a cátedra de língua portuguesa na Universidade de Brasília. Esta fotografia foi tirada no alpendre da casa da família Margon, onde, por fim, morou o advogado João Margon, brutalmente, ali, assassinado, cerca de 2 anos e meio atrás, e de quem Antônio era grande amigo. Ao fundo, o Ford Belina 1977 de João Margon. Esta fotografia no remete à década de 1980.

D. Natália e seus trigêmeos

D. Natália Paschoal Salles e os trigêmeos Ruy, Rubens e Roberto. Conforme publicado tempos atrás, os trigêmeos contraíram grave doença e vieram a falecer ainda bebês.

Morando na Itália

Zé Maurício em Siracusa, na ilha de Sicília, Itália, na época em que morou por lá, na década de 1980.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Um 20 de agosto

Kalil e Fátima durante desfile de 20 de Agosto, na Av. João XXIII, em frente à Nova Matriz. Fotografia da década de 1990. Ao fundo, observem, o Ed. Aguiar de Paula.

No desfile

Marcinho Abrão, Kátia Netto e...
O local é na antiga refinaria de açúcar que fica na av. João XXIII, na esquina da Rádio Cultura. Lá, hoje, funciona uma loja de material para construção e ferragens. Fotografia que me parece ser da década de 1980 e os jovens estão assistindo a um desfile cívico.

Repostagem

Repostagem desta fotografia. A anterior era, na verdade, uma fotografia tirada da fotografia. Esta é a original e mostra Zé Maurício e Tonim Chaud no andar superior da chácara do Chaud.

Seleção de Master em Catalão

Dois registros fotográficos memoráveis. Datam de final da década de 1970, no campo do Genervino da Fonseca. Na primeira fotografia, Prof Chaud cumprimenta Mané Garrincha a "Alegria do Povo" e a segunda fotografia mostra Prof Chaud cumprimetando Djalma Santos, lateral direito da Portuguesa e do Palmeiras e da Seleção Brasileira, considerado um do melhores do mundo na posição. Mané Garrincha morreu em 1983 e Djalma Santos vive com a esposa em Uberaba. Poucos meses atrás, Djalma foi o entrevistado do Programa Bola da Vez, na ESPN Brasil.

Correção

A fotografia abaixo foi publicada em um períódico que circula pela cidade dando conta de que o local seria a conhecida Rua da Grota, no Bairro Santo Antônio. Não é. Publiquei a mesma fotografia aqui no NOSSOCATALAO dizendo que o local seria a Rua Egerineu Teixeira, a rua da Caixa Econômica. Também não é. Um de nossos seguidores, Hélio Tartuci foi quem eliminou a dúvida: a fotografia foi tirada na localidade hoje denominada Praça Aguiar de Paula, que também já foi chamada de Praça Uberlândia. À esquerda vê-se o casarão onde morou o emigrante árabe Jorge Elias, conhecido por Jorge Sapateiro, pai de Da. Olinda Sebba, Evelina Democh, Naim Jorge Elias, Ivone Pimenta, entre outros e que aqui chegou em 1923. Hoje, no local, funciona a Gaston Imóveis. Do lado direito, na esquina, do lado de baixo, ficava uma pensão onde hoje existe uma agência do Banco Panamericanoe do lado de cima da esquina o Bar Brasil onde hoje existe um comécio de material médico-cirúrgico.. Descendo a rua,hoje Evangelino Meireles, encontra-se o Posto Saturno. A outra fotografia é uma tentativa de reeditar a mesma cena, todavia, as transformações urbanas deram outra roupagem ao local


domingo, 6 de fevereiro de 2011

Foi dada a largada

No domingo, 6 de fevereiro de 2011, um grupo de felizes proprietários de relíquias sobre quatro rodas, reuniram-se na Represa do Clube do Povo para, além de mostrar, orgulhosos, seus valiosos veículos, dar início a um projeto de criação de uma espécie de Clube do Automóvel Antigo de Catalão. As fotografias a seguir mostram alguns dos exemplares e seus proprietários. Após a reunião eles percorreram algumas das principais vias da cidade.
 Antonio Ribeiro e sua Caravan Comodoro 1991 motor 2500cc

 Eduardo e seu Fusca 1965 motor 1200cc

 Helio Tartuci e seu Opala Diplomata 1986,  Motor 6 cilindros 4100cc

 José Bueno e seu filho, e seu Fusca 1972, 1300

 José Rubens e seu filho com seu Fusca 1966 motor 1300cc

 Júnior e sua Caravam Comodoro 1984, motor 6 cilindros 4100cc

 Paulo Fayad Filho e seu Ford Belina 1977

 Paulo Fayad Filho e seu Fiat 147 1980

 Paulo com os filhos e seu Fusca 1974, 1300cc

 Raul com o filho e seu Fusca 1972, 1300cc

Thiago e seu Opala Comodoro 1978, motor 6 cilindros, 4100cc

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Gincana movimentando a cidade

Fotografia que me foi enviada por Marcial CamposTeixeira, de 1989. Na década de 1980 foram muitas a gincanas promovidas pela ASGOFÉRTIL. Em 1989 duas equipes polarizaram a disputa: Kudigalinha e Pirokadegalo. Nesta fotografia está a equipe vencedora daquele ano: a Pirokadegalo. Aqui presente: Jair Melo, Walter Mendes Jr., Gustim do povo, D. Jane Goulart, Amaury, Daniela Goulart, Michele, Lúcio, Peru, Kleber Garcez, Kênia, Cássio, Marcos Cardoso, Celsim, Cláudia Rodovalho, Betonça, Flávia, Bebeto, Zé Meireles e REgina, Lara, Sandra Campos, Adriano Rocha, Mara Naves, Silvio César, Ana Maria, Cristina, Flavio Goulart, Mércia, Sabininho, Ana Silvério, Amélia, Kelson, Banana, Marcelo Goulart, Tony, Marcial, Liliane Meireles, Flavio Isaac, Lúcio, Aninha, Kátia, Celinho, Roselma, Gilmar, Marinho Goulart, Daniela Campos, Roselma e várias outros. Durante 3 dias as equipes permaneciam em intensa movimentação em busca das tarefas as quais iam de disputas esportivas até açõe beneficentes.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Motocross

Houve um período na década de 1980 que Catalão envolveu-se com corridas de motocross. A fotografia acima registra parte do público presente à primeira corrida do gênero em nossa cidade. Alguns catalanos podem sem considerados os pioneiros do esporte na região: José Mário Ferreira e Tonim Bambú. Depois Tartucci, Luizão da Massa e Deusmar Barbosa. Tempos depois, com o sucesso de público garantido em todas as provas realizadas, não só em Catalão, mas nas cidades vizinhas (Três Ranchos, Anhanguera, Ipameri), a Fórmula R Honda patrocinou um dos grandes nomes do esporte em Goiás: Tonim Bala; Tonim representou Catalão em disputas de nível nacional. Deusmar Barbosa também participou de provas do circuito nacional. A própria realização da tradicional corrida "Carnacross" em 3 Ranchos, durante o carnaval é uma herança das corridas promovidas em Catalão. Nesta fotografia consegui identificar algumas pessoas. No alto, começando pela direita: Amélia, Lucília, o casal Márcio e Erli, José Meireles e mais adiante, me parece ser Patrícia, hoje Rampelotti.

Halley e João Netto

Halley Margon e João Netto de Campos, prefeito e vice respectivamente. Foram eleitos pelo PMDB no início da década de 1980 para um mandato que duraria 6 anos para, de acordo com a justiça eleitoral, ajustar o calendário eleitoral do país.