quinta-feira, 28 de junho de 2012

Faleceu Vó Áurea

Faleceu nesta madrugada, em Goiânia, Áurea Pereira Martins, esposa de Cassiano Martins e mãe de Luis Antônio, Fernando, Levi, Hélio e Francisco. Vó Áurea, como eu a chamava, submeteu-se a uma cirurgia cardíaca para substituição de uma válvula e não resistiu. Para nós, também, não será fácil resistir à sua partida. Mas o Senhor há de lhe restituir o coração e de onde ela estiver, emanar todo seu amor. Esteja em Paz, Vó Áurea.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Ao edifício histórico de um povo, população, cidade, grupo, a todo instante são incorporados novos eventos, fatos, incidentes, constatações, acontecimentos vindos de todas as áreas em que se deita o olhar, seja ele investigativo, observador ou, simplesmente, contemplativo. As imagens a seguir, às quais podemos chamar de "documentos" são, também, o testemunho de eventos de toda sorte e que, com mais ou menos repercussão, vão adicionando novos elementos ao conjunto histórico de Catalão.
 Uma das duplas sertanejas mais festejada em Catalão foi Nelson e Ganto. Em outros tempos, tentando a fama em Goiânia, as apresentações da dupla eram antecedidas por outra cuja trajetória rumo ao estrelato, foi no sentido oposto dos catalanos: Bruno e Marrone. Por motivos que não vêm ao caso, Nelson e Ganto se separaram. Todavia, vez por outra, eles são chamados a darem um "palhinha" como mostra a fotografia acima, no aniversário de um amigo, comemorado no Bar do Tixa, na Vila Liberdade. Fotografia de 2011.

 O João de Barro, pra ser feliz como eu... Um dos pássaros mais conhecido de nossa fauna, o João de Barro é cercado de lendas. Uma delas diz que ele faz a casa com a porta virada para o lado de onde não virá chuva. Folclore ou não, o fato é que a ave tem lá seus critérios para escolher o local da nova morada. Observem o local onde ele está construindo sua casa, ou seja, ele escolheu uma peça do poste como apoio e o lado do poste como escora. Esta casa de João de Barro fica na Represa do Clube do Povo logo adiante da mata, pra quem quiser testemunhar. Fotografia de 2010.

 Fotografia de 2010 e mostra a tempestade se aproximando de Catalão. A imagem lembra a forma de uma onda gigantesca,destas que se vê nos filmes catástrofe, tipo 2012 e semelhantes

 A Delegacia de Polícia em dia movimentado. Foi quando dezenas de pessoas de uma mesma família foram presas por tráfico de drogas. Fotografia de 2012

 Show de Nando Reis no Planet Mix, em 2010. Além de Nando Reis, participaram do evento nomes de peso do rock nacional como Charlie Brown e Jota Quest.

 O conhecido Paulim, do Bar do Paulim, no setor Universitário, comemora seu aniversário no mês de agosto. Todo ano ele oferece a seus clientes uma costelada à moda gaúcha, como mostra a fotografia. Durante a comemoração a rua onde fica seu bar, é fechada ao trânsito e entre muita carne, cerveja e música, a clientela e amigos se divertem durante todo o dia. Fotografia de 2010.

Esta fotografia, embora tenha sido clicada na capital paulista, no ano de 2010, mostra um personagem dos mais presentes na história das cidades: o Realejo. Esta caixa apoiada em uma haste de madeira possui um mecanismo semelhante à uma daquelas caixinhas musicais só que, para se extrair a melodia, é preciso tocar uma manivela. O som se assemelha ao de uma flauta. Na gaveta que fica na parte inferior da gaiola contém papelotes com frases de previsão da sorte ou coisa que o valha. Quando o freguês pede pra tirar a sorte, o homem do Realejo dá o comando ao periquito e este, aleatoriamente, retira um papelote e o entrega a quem pediu. É um personagem cada vez mais raro de se ver e que eu tive o privilégio de fotografar, na Praça Benedito Calixto, no bairro de Pinheiros, onde, todos os fins de semana se realiza uma feira de antiguidades. Quem for a São Paulo, pode conferir.

Tartuci

Wisner Netto Tartuci ou, simplesmente, Tartuci, Marinho e e Hiran em evento social. Tartuci faleceu em trágico acidente altomobilístico na curva da entrada de Goiandira no mês de junho do primeiro ano do 3º milênio.

Olinda - Miss Catalão

Olinda Leite, Miss Catalão, no dia de sua eleição, ocorrida no Salãode Festas do CRAC. No centro, Carlos Cesar Elias, o Dida, então presidente do CRAC e Helena Barreto com ramalhete de flores. O concurso de Miss Catalão, no qual Olinda sagrou-se vencedora, foi promovido,salvoengano, noano de 1977.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Você Sabia

Até 1967, a Av. 20 de Agosto tinha 6 nomes diferentes em 6 trechos distintos. Com a Lei Municipal nº 87 de 23 de Agosto de 1967, foi adotada a denominação de Av. 20 de Agosto em toda a extensão da via. Até aquela data as denominações eram as seguintes (partindo da Praça Calixto Issac - antiga Skol): Rua Wilson Democh, Rua Guimarães Natal, Rua Goiânia, Praça Getúlio Vargas, Rua Getúlio Vaz, Rua Coronel Roque e Rua João Margon. O prefeito que sancionou a lei, salvo engano, foi Bento Rodrigues da Paula. (com a colaboração do Sérgio do Cartório)

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Posto Aguiar

No Posto Aguiar,da direita para esquerda: José Avelino, Bião, Júlio Paschoal, Geraldo Rabelo, Liquim, Enio Paschoal e João Aguiar? Observem na parede algumas fotografias que registram algumas fases da existência do Posto Aguiar. No alto, a imagem do patriarca da família Rodrigues de Paula, Seu Rola. E o relógio marcando 8:42hs de um dia qualquer em meados da década de 1970. A se confirmar a época, Ênio Paschoal ou era candidato a deputado estadual,ou já havia sido eleito.

Bairro do Pio

Praça do Bairro do Pio quando ali funcionava uma unidade educacional do município. A aglomeração de pessoas e a fila são indícios de que era dia de de eleição uma vez que o local fazia parte da lista de seções de votação. A rua sem asfalto indica que a época seja década de 1970.

Casamento de João Abrão

Festa de casamento de João Abrão no salão de festas do Colégio Anchieta. Da esquerda pra direita: Cacildo Goulart, Jorge Elias, Neura e Adelino, João Abrão, Mário Safatle (irmão do Dr. William Safatle), Osires Ulhoa e a esposa Nilda Margon. O detalhe: Adelino exibe a certidão de casamento de João Abrão e atrás de Jorge Elias alguém fazendo gestos com as mãos. Quem será?

terça-feira, 19 de junho de 2012

Frei Galdino

Frrei Galdino (com a criança), Neri Mesquita, Sebastião Marciano (em pé à direita) e os demais acredito serem funcionarios da Rádio Cultura.

Supermercado Avenida

Inauguração do supermercado Avenida dos Irmãos Rodrigues de Paula. Decerrando a fita, o patriarca da família, Seu Rola. Presentes à cerimônia Sebstião Rodrigues da Paula, William Tartuci, Prof. Chaud, João Netto de Campos, Jesus Geraldo de Melo entre outros.

Panificadora

Cena comum na Catalão da década de 1960: o salão da lendária Panificadora São José repleta de seus assíduos frequentadores. Em primeiro plano vemos Dilonilson, hoje odontólogo e mora em Goiânia. Além dele, entre tantos, vemos Enio Paschoal, Bruno Paschoal, Efrem Salgado, Remi Salgado, Primo, Dida, Silvio Paschoal, Saulo, Fábio de Melo. Irineu (Porquinho), Wagner Ulhoa, João Margon, Julinho Paschoal, Lázaro Marra e...

Bi-campeões

Craques bi-campeões mundiais de Futebol, título conquistado pela Seleção em 1962, no Chile. Garrincha, Belini e Djalma Santos. Entre eles Sidney que foi goleiro e atuou em alguns times da 1ª Divisão do futebol brasileiro. Os 3 bi-campeões aqui estiveram na década de 1970 para um jogo de masters.

Av. João XXIII

Dois momentos da Av. João XXIII: antes de ser asfaltada e logo depois de ter recebido a benfeitoria. Ambas imagens são da década de 1960. Destaque para o prédio onde funcionava uma refinaria de açúcar que foi de Antônio Chaud e que hoje é ocupada por uma loja de material de construção e feragens. Na segunda fotografia, à direita, um Simca Chambord carro que, aliás, é tema de uma música de Marcelo Nova, ex-Camisa de Vênus. O asfalto da Av. João XXIII é uma obra de ex-prefeito Bento Rodrigues de Paula

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Da Usina Ipanema para Usina Martins

Usina Martins cujas atividades de produção de açúcar foram iniciadas na década de 1940. Os equipamentos, que faziam parte da Usina Ipanema, foram adquiridos do imigrante árabe,o industrial Antônio Salles. A Usina Martins, de propriedade de Francisco Cassiano, encerrou suas atividades no início da década de 1970. Conforme publicadoanteriormente, a chaminé vista na fotografia, ainda existe.

Tereza Margon

A futura professora Tereza Margon, filha de Jerônimo Vaz e Matilde Margon.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Lambretta

Toni Campos, filho de José Netto de Campos e Áurea Aires Campos, e uma Lambretta. A Lambretta é de origem italiana, de Lambrette, Milão e começou a ser produzida am 1947 por Ferdinando Innocenti juntamente com o engenhiro Pierluigi Torre. A Lambretta foi a primeira fábrica de veículos a se instalar no Brasil, antes mesmo da indústria automobilística, em 1955.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Opala

Anibal Margon, filho de Nilo Margon em sua residência e o veículo da família, um Opala.

Locais de memória

Foto da década de 1960 da Av. 20 de Agosto em dia de desfile cívico-escolar. Vários locais de memória são mostrados aqui: O Bar e Restaurante Irapuan (à esquerda) o prédio que até hoje abriga o Banco Mercantil que nessa época era Mercantil de Minas Gerais, o Edificio Nasr Faiad, a torre com o relógio construída pelo centenário da cidade e criminosamente demolida emais ao fundo o prédio da Fundação Wagner Estelita Campos que abrigava o Colégio Anchieta e a Escola de Comércio.

De rodoviária a prefeitura

Foto da década de 1970 mostrando a primeira construção destinada a ser uma Rodoviária em Catalão, já que, até então, o movimento de passageiros era realizado em um prédio adaptado e que ficava na Av. Farid Miguel Safatle. A Rodoviária foi construída na gestão de Silvio Paschoal, no começo da década de 1970. Hoje o local é ocupado pela Prefeitura

Praça Getulio Vargas na década de 1960

Tomada da Praça Getúlio Vargas na década de 1960,já com o calçamentode bloquetes. ao fundo à direita, escritório de contabilidade de Leozito Leão, hoje transformado no Edifício Vinícius Salviano. Em frente oBar das Vitaminas e mais pra a esquerda a Farmácia N. Sr.a das Graças de propriedade de Carlos e Juracy Pires.

Praça Getulio Vargas

Fotografia da década de 1950 retratando a Prça Getúlio Vargas. À direita notamos a ausência do prédio de William Tartuci e ao fundo o casarão de pertenceu ao prefeito Diógenes Dolival Sampaio ainda guardava sua originalidade. POsteriormente, vendido para  Dr. Lamartine foi reconstruído e ficou da forma como ainda se encontra atualmente. Notem a escada na laje do Cine Real, indício de que o prédio ainda não havia sido terminado.

Alunos do Anchieta

Alunos do Colégio Anchieta no ano de 1969: Anibal Margon, Joãozinho, Enio Antônio, Rui Brasil e Geraldo Monte. Anibal veste o tradicional blusão do colégio nas cores grená e preto.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Aconteceu nos dias 8, 9 e 10 de junho de 2012, a VIII Exposição Nacional de Orquídeas de Catalão. Além de orquidófilos catalanos, o evento contou com a participação de dezenas de expositores vindos dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás. Organizado pela Associação dos Oquidófilos de Catalão, presidida por Divino Mastrela, a Exposição, que aconteceu no Salão do Centro de Convivência da Terceira Idade, vem ganhando projeção a cada ano. Além de se deliciarem com a beleza exótica das orquídeas, ao visitante foi oferecida a oportunidade de adquirir plantas e trocar informações com os expositores. O evento




















terça-feira, 5 de junho de 2012

Os Paranhos

Família Paranhos, originária de Portugal. Eles são ancestrais de D. Olívia, esposa do ex-prefeito de Catalão José Rocha. Soninha, filha do casal, dá os detalhes: "Na foto estão os bisavós Joaquim Fernandes Paranhos e Adelaide Vieira Paranhos; no meio sentado no chão, o meu avò, Joaquim Fernandes Paranhos Júnior; em pé à esquerda, tio Carlos Fernandes Paranhos e à direita, tia Olivia Fernandes Paranhos. Nos braços da bisavó, tio Alfredo Fernandes Paranhos. A foto foi tirada em Portugal, em 1888

Bigodes

Durante alguns anos, na década de 1980, com as condições precárias do salão de Festas do CRAC. alguns Bailes passaram a ser promovidos no salão de festas do Col. Estadual João Netto de Campos. Entre eles, o tradicional baile de Reveillon, ocasião em que a fotografia acima foi clicada. Nela estão presentes (da esquerda pra direita de cima para baixo): José Aires, Marcelo Goulart, Fábio Netto, Sylvim Netto, Kléber Garcez, Deusmar Barbosa, Giovani Cortopossi, Júlio Aires e Eduardo Aires. José, Júlio e Eduardo são irmãos, filhos de Divino Aires. José é falecido. Júlio e Eduardo, creio, moram em Araguaína onde também está outro irmão, Sérgio. Um detalhe curioso: todos estãode bigode. Esta fotografia, acredito ser de 1981, pois, o paletó que Sylvim Nett está trajando é o mesmo que usado em sua formatura no curso de Adm. de Empresas, em agosto de 1981.

Em Camboriú

Em Camboriú no verão de 1989: Paulo Fayad, Howard Guimarães, Jorge Bueno e Fábio Henrique Carísio. Estavam, também, nessa viagem, Hélio Martins Pereira e José Augusto Jr.