quinta-feira, 7 de março de 2013

Catalão em 4 tempos

Avenida 20 de Agosto na década de 1950, na esquina com a hoje Rua Randolfo Campos. Como pode-se notar, o edifício que abrigaria a Fundação Educacional Wagner Estelita Campos (Col. Anchieta) ainda não fora erguido, vindo a sê-lo no início da década de 1960. Provavelmente, a imagem testemunha desfile cívico em comemoração ao aniversário da cidade.

No canto inferior à direita, pode-se ver que esta imagem é do mês de setembro em um ano da década de 1980. Nesta época, a sede do poder executivo já havia sido transferida para a sede atual. Aqui, funcionavam as repartições do judiciário, cartórios, Forum e o escritório do IBGE. O veículo visto, uma Rural, pertencia ao instituto.

Fotografia do início da década de 1960 e mostra o edifício da Fundação Educacional Wagner Estelita Campos sendo construído. A princípio, a Fundação abrigaria o ensino técnico-profissionalizante. Todavia, dada a ociosidade das salas de aula, ali  passou a funcionar, também, o Colégio Anchieta sob a direção do Advogado João Margon cuja licença de diretor educacional fora cassada pelo governo militar.Na placa que identifica a obra lê-se que o governo do estado estava sob o comando do Marechal Ribas Jr. que assumiu o posto de chefe do executivo estadual com a deposição, pelo governo militar, do então governador Mauro Borges. A obra foi tocada sob a responsabilidade da SUPLAN que, então, era dirigida por Leonino Caiado e que, na década de 1970, seria indicado Governador do Estado em cujo governo foi construído o Estádio Serra Dourada, inaugurado em 1975. 

A Av. João XXIII sendo construída durante a administração de Bento Rodrigues de Paula, no final da década de 1960. À direita, as escadarias da Nova Matriz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário