terça-feira, 26 de novembro de 2013

Os Sérgios: da Paixão e Capeta ou do Cartório. O local é a Av. 20 de Agosto, em frente ao casarão de Maria das Dores Campos.

A igreja que ficava na Praça Getúlio Vargas, Congregação Cristã no Brasil, que é uma das primeiras igreja evangélicas, se não a primeira a ser erguida em Catalão. Foi demolida e uma nova deverá ser construída.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

O ano é 81, setembro e a casa é de João Meireles Jr. Da Esquerda pra direita: Beto, Sylvim Netto, Zé Meireles, tonim Chaud e o popular Tõe Patota.

Jogo envolvendo CRAC e Vila no Genervino da Fonseca em meados de 1981. A terceira fotografia mostra a arquibancada ecologicamente correta, se é que vocês me entendem. Os times fazendo a tradicional saudação aos torcedores se esquecem de fazê-lo aos que estão na árvore, que ficava no quintão da casa de Maria das Dores Campos.

Desfile de 20 de Agosto de 1981. O local é a Av. 20 de Agosto, em frente ao Colégio Anchieta. E é possível observar alguns pontos comerciais que há muito deixaram de existir, caso da Elétrica Catalana, da Casa da Lavoura, da Boutique masculina Aquarius (onde hoje está o Banco Santander). Na primeira imagem, o desfile do Colégio Polivalente Dr. Tharsis Campos. A outras duas mostram alunos do Colégio Mãe de Deus. Na terceira imagem a presença do Professor Jamil. Na segunda imagem, em frente a casa de Dr. Eduardo Caixeta, onde hoje está o Banco Itaú, alunos representam os primeiros religiosos espanhóis que desembarcaram em Catalão com a missão de erguerem o Colégio Mãe de Deus. O pequeno padre é Mário Ribeiro Netto, filho de Álvaro e Lúcia. Hoje ele reside em São Paulo.   

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Duas imagens  da Catalão da década de 1980. Na primeira, o morro de São João captado a partir da Praça Getúlio Vargas. Detalhe para a placa de identificação do logradouro com o patrocínio da Distribuidora Catalana de Automóveis - Discauto, representante Volkswagen. Na segunda imagem, o morro de São João visto pela parte de trás.

Reunião familiar para comemoração do aniversário de Nilza Meireles, filha de João Meireles e Dulce Meireles. Na primeira fotografia, Nilza Meireles, a irmã Ruth e a mãe Da. Dulce. Na segunda fotografia, a aniversariante segurando o bolo cercada de sobrinhos e na terceira fotografia, Hugo Meireles, irmão da aniversariante com sobrinhos e Fernando Ulhôa.

Nas matinês do carnaval no Clube Recreio, as mães vigiam os pimpolhos enquanto os pais vigiam os copos para que não fiquem vazios. 

Durante vários anos, no carnaval, a diretoria do Clube Recreio promovia uma disputada e muito glamourosa partida de futebol de salão, envolvendo equipes de verdadeiras beldades, dignas das principais revistas masculinas existentes no mercado. As fotografias a seguir, clicadas por Gilberto Meireles, mostram que em Catalão, o esporte bretão é coisa para mulheres, também
As equipes: Marmita, ricardo, César, Nicolau, Fábio, Marcelo, Adriano, Zé Roberto, Récio, Camilo, Zeca e outros

Marcelo, Zeca, Cesar, Nicolau, Récio, Ricardo e Gustim

?, Marmita, Camilo, Fábio, Nicolau, Adriano, ? e Zé Roberto

Close para Zé Roberto e Marcelo.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

No início da década de 1980, um time de futebol de salão composto por funcionários da Goiasfértil e do Banco do Estado de Goiás foi uma das melhores equipes do esporte da bola pesada, em Catalão. Onde ia, levava grande torcida. As fotos a seguir são imagens daqueles tempos, bons tempos. As fotografias são de julho de 1983.
Kleber (Boca), Waltão, Dito (in memoriam), Bob, Eduardo (Cuei), Marcelo, Rubão, ? Jair Melo e Fleuri.
Dito faleceu vítima de acidente automobilístico na GO 030, entre Catalão e Ipameri, onde o veículo em que estava como passageiro, saiu da pista e capotou, em meados da década de 1980. 

Aguardando o início do jogo em Ouvidor

Kléber Garcez de Lima, o Boca (in memoriam)

A torcida fazendo a festa. Estão ali, entre outros: Marly, Márcia, Flávia (O Boticário), Robertim Salomão, Marcim Abrão...

Robertim, bob, Sérgim do Cartório, Marcim Abrão, Escobar, Hosni, Flávia, Maria Célia...

Depois de mais uma vitória o time e torcida comemoram 

Gilberto Meireles, Marly, Robertim Salomão e a senhora Da. Laura, mãe de Jair Melo.

Marcim Abrão, Escobar, Marly, Márcia, Hosni (Construcastro), Boca, Da. Laura, Daniela Goulart, Maria Célia, Jair Melo...

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

O ano é 1983. Não tinha SmartPhone, Ipod, Iphone, Internet. A música era escutada a partir de discos de vinil ou fitas K7. A diversão? Bem, dependia da criatividade da turma.

Tonim Chaud, Boca (Kleber), Marcim, Dudu Chaud e Bebeto

Dudu Chaud, Marcim, Gilberto e Boca

Dudu, Gilberto, Bebeto e Marcim

Bebeto, Dudu, Marcim e Boca

Tonim, Boca, Marcim, Dudu e Gilberto

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Quando o fotógrafo se propõe registrar imagens de determinado evento, situação, paisagem, etc, o que ele menos imagina é que, além do tema principal, a imagem irá revelar elementos surpreendentes, pessoas que não mais estão entre nós e lugares que deixaram de existir. As imagens a seguir, clicadas por Gilberto Meireles, durante a Festa do Rosário de 1981, são, nesse sentido, reveladoras.
A casa ao fundo pertencia ao Sr. Iolando Aires, fica ao lado do Cantina's. Hoje, no local, funciona o escritório de um empreendimento imobiliário. Este de frente com uma camiseta com o escudo do CRAC é João, neto de Eva, filha de escravos cuja fotografia ao lado da garotinha Ioli de Mendonça foi publicada tempos atrás.

O casarão ao fundo ficava em frente a casa de Maria das Dores Campos, na Av. 20 de Agosto.

Tomando umazinha para rebater o cansaço.

Fotografia em frente ao Banco do Brasil. Bela imagem

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

As Congadas na Festa do Rosário de 1985, clicadas pela lente de Gilberto Meireles. Algumas personagens, passados 28 anos, já não estão em nosso convívio, caso de Edson do Terno do Prego e o Rei, ambos falecidos em 2013.
Edson (in memoriam)


O Rei (in memoriam)








Santilo (in memoriam)

Divino

sexta-feira, 1 de novembro de 2013


O casal  Cassiano Teixeira Jr. e Itália Paschoal Teixeira com os filhos Hélio e Maria Cristina. Posam em frente à A Universal de Geraldo de Faria Castro. Este local, salvo engano, seria a esquina das rua Randolfo Campos e Pedro Ludovico. Se for este o endereço, ao fundo fica a casa onde o casal reside até hoje.

Da. Julieta, chamada pelos familiares de Mãe Velha. Esposa de Cassiano Teixeira, o pai Véi, e mãe de Francisco Cassiano, Cassiano Jr., Geraldo, Alberto e outros.