sexta-feira, 4 de abril de 2014

Um dos locais que marcou época em Catalão, pelos idos da década de 1980, foi o Pastelzinho, bar que ficava na Av. 20 de Agosto, em frente à Farmácia Na. Sra. de Fátima, onde hoje está a Drogaria Rosário. As imagens a seguir mostram uma rotina nos finais de semana do Pastelzinho: a Batucada. Nessa época o trecho da 20 de Agosto onde localizava o Pastelzinho, tinha duas pistas e era mão e contra mão. As mesas eram espalhadas no canteiro central, aproveitando a sombra das árvores que ali existiram durante anos. Uma delas, aliás, veio ao chão, tempos depois destas fotografias e danificou um carro que estava estacionado.
Batucada com Eduardo Ferreira, Paulo Safatle, Sabino Filho, Bel, Waltão. Na mesa ao fundo me parece o Guilherme (de costas), Tonim Paraíba, Léo Ferreira, Boca de calção azul.

E a batucada seguia animada observada pelo garotinho de óculos que, salvo engano, é Jáder Abrão, filho de Paulo Abrão, dono, então, do Pastelzinho

Quarteto  formado por Tonim Paraíba, Betonça, Márcio Perez e Júnior.

Outra mesa formada por Mauro Lúcio, Julião, Fábio Rocha e o fortão Tonim Chaud

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Uma das casas mais festivas de Catalão era a residência dos Meireles. Nas comemorações, fossem quais fossem, a batucada comia solta noite adentro. A coleção e imagens a seguir, de agosto de 1981, é o registro de uma época em que comemorar era muito mais que, simplesmente, comemorar.
Figuras carimbadas entre os catalanos: Totó Sebba e João Meireles Jr.

Kleber (Boca), Jair Melo, Belisa, Fernando, Bebeto, Zé Meireles, Marcim Goulart, Hugo Meireles e o casal anfitrião, João Meireles e Da. Lúcia

No batuque: Marcim, Paulo Safatle, Jair Melo, Zé Meireles, Hugo Meireles

Buchecha, Douglas MArgon, Hugo, Eduardo, Bebeto, Marcim, Gilberto Jabour, Jair Melo, Ronaldo Meireles

Ricardo Safatle, Jane, Ricardo Gomides e Lucília

Buchecha, Bernardina, Tonim Chaud, João Meireles, Fernando Ulhoa com a filha Marcela, Zé Luis e Jane

Divino