segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

No Bar e Restaurante Irapuan

Fim dos anos 1950, inícios dos anos 1960. O local é o Bar e Restaurante Irapuan que ficava na Av. 20 de Agosto, ao lado do Salão de Festas do CRAC. O salão do Irapuan era dividido por um biombo e separava o ambiente do bar do ambiente do restaurante. Observem, à direita, atrás dos rapazes: o biombo era uma armação metálica recoberta com tecido e, se bem me lembro, era cor de rosa. Na fotografia, da direita para esquerda: Antônio Simão, que viria a ser gerente do Banco Mercantil e posteriormente, na década de 1970, transferido para a agência da Av. Goiás, em Goiânia. Antônio é falecido ( a residência da família Simão era onde hoje existe uma loja de móveis usados na Rua Americano do Brasil, esquina da Praça do Rosário). Depois, Rubens, o popular Girafa, também, falecido. Em seguida, João Simão, irmão de Antônio, mudou-se para Goiânia onde foi barbaramente assassinado. O de terno claro, de acordo com informações, seria um dos filhos do Juíz de Direito Dr. Firmo Ferreira, provavelmente João Bosco. Em seguida 2 irmãos parentes  do ex-prefeito Eurípedes Pereira e, de acordo com informações, um deles matou o próprio irmão. Os demais estou pesquisando. O mais à esquerda me parece ser Efren Salgado, sobrinho do Sebastião Salgado, o popular barbeiro Bicuca. Sobre as mesas, uma garrafa de conhaque e várias do refrigerante de laranja, CRUSH. Atrás do balcão vemos o "bartender" que eu imaginava ser o Jair (aquele que trabalhou durante anos na AABB), mas, de acordo com informações, não se trata dele. Todavia, Jair trabalhou durante anos para o proprietário do Irapuan, dividindo seu tempo, também, com o Bar Taco de Ouro, que funcionava onde foi o HSBC e que, também, era de propriedade do Chico do Irapuan. Atrás dele, um forno elétrico usado para assar pizzas e sanduíches. O Irapuan, durante muito tempo, serviu de local para as reuniões de confrarias como Rotary e |Lions Club e era ponto de encontro para uma prévia antes dos concorridos bailes do CRAC. Por essa época, em todo evento social realizado no CRAC era obrigatório o uso de terno.

2 comentários:

  1. Os dois irmãos a quem você se refere são respectivamente Wanderlei e Willian,(esquerda para direita,na foto)filhos do sr. Wasqueton Pereira que foi morto por seu irmão Wasco Pereira,ambos de familia tradicional de Três Ranchos,filhos de Miguel Pereira Coutinho,avô do ex prefeito de Catalão,Euripedes Pereira.

    ResponderExcluir
  2. Retificando o sr Wasqueton foi assasinado por sei irmão Jourdan, Wasco era como chamavam o sr Wasqueton...

    ResponderExcluir