segunda-feira, 11 de julho de 2011

Banco Mercantil

Trecho da avenida 20 de Agosto na esquina do Banco Mercantil. A porta lateral do prédio do banco era a entrada para o apartamento que era, costumeiramente, ocupado pelo gerente. Ao fundo a Casa Paroquial e o Ginásio São Bernardino de Siena. Abaixo do banco a casa de Osires Pimentel Ulhoa e Nilda Margon onde, hoje, mora o filho Fernando e família. Nessa época, década de 1960 a Av. Raulina não era nem projeto e o piso da 20 de agosto no trecho entre a rua Dr. William Faiad até a casa de Ciro Netto era de paralelepípido e, acredito, o banco chamava-se Banco Mercantil de Minas Gerais. Na esquina da Casa Paroquial, mais tarde Pedro Aires construiu sua residência. Hoje, passando pelo local pode-se ver que o imóvel está passando por reformas.

Um comentário:

  1. Cássio de Melo Morais16 de julho de 2011 11:42

    Quando cheguei a Catalão em 1979 morei aí no apartamento do Banco Mercantil, e o mesmo ainda conservava essa arquitetura.


    Cássio Morais

    ResponderExcluir