quinta-feira, 1 de setembro de 2011

O circuito das sociabilidades

Imagem das mais emblemáticas de Catalão nos primeiros anos da década de 1960. Ela mostra, em uma só tomada, o que se pode designar de "o circuito das sociabilidades de Catalão", ou seja, os locais que a população frequentava para interagir, para se relacionar, divertir, trocar impressões, enfim, tocar a vida. À direita o Bar e Restaurante Irapuan que antes fora o Bar Antárctica de propriedade de José Pedro. Como Irapuan seu proprietário fora Seu Francisco, que já havia tocado o restaurante do recém inaugurado JK. Ao lado do Irapuan o Salão de Festas do CRAC; ao lado do CRAC, o Bar Taco de Ouro onde, anteriormente, funcionou uma agência do Banco do Comércio de Minas Gerais. Do lado esquerdo mais ao fundo, a Panificadora São José, um local lendário e que até hoje é lembrado com muito saudosismo por quem ali frequentou. Ali funcionou uma sala de cinema de propriedade de João Paschoal. Na esquina o Empório Goiás. Observem no alto do prédio um alto falante tipo corneta. Aos sábados e domingos, à noite, William Tartucci utilizava o alto falante para promover sua loja e executava uma programação musical com os mais recentes sucessos naciionais e internacionais. E no embalo da música, as pessoas caminhavam pelas calçadas do Jardim; casais, jovens na paquera... havia sempre um pipoqueiro em frente ao Cine Real. Lembro-me, vagamente, de uma churrascaria que ficava ao lado da panificadora, chamava-se Alcapulco, salvo engano.De acordo com informações prestados pelo Sr. Minerval Oliveira, esta churrascaria pertenceu a Chafic Sabag, pai do ex-líder estudantil (UEC) e Delegado José Sabag. Posteriormente, de acordo com João Sebba, o negócio passou para as mãos dos irmãos Leão que transformaram o local em uma bar de sinuca que deu origem ao Bar Taco de Ouro. Com a transformação da churrascaria em casa de jogos, o proprietário do imóvel, Antônio Rodovalho solicitou o imóvel onde construiu sua residêcia. Assim as mesas de sinuca mudaram de endereço, vindo a ser instaladas no  local onde funcionou o HSBC. O piso da rua, de paralelepípedo denuncia que a época é os anos 1960.(fotografia extraída do Mural do Zé Maurício/Facebook)

2 comentários: