terça-feira, 13 de abril de 2010

O monumento

Entre as duas fotografias a seguir, existe um intervalo de tempo de aproximadamente 60 anos. Na primeira, já publicada anteriormente, o envento mostrado é a inauguração do Obelisco em homenagem ao Pracinha da II Guerra Mundial, na Praça Getúlio Vargas em 1946. A homenagem foi uma iniciativa do Rotary Club de Catalão. Da campanha da Força Expedicionária Brasileira - FEB na II Guerra Mundial, participaram os seguintes pracinhas catalanos: Aldemar Ferrugem (morto em combate), Geraldo Martins, Manoel Camilo Neto, João Kotnik, João Pinto de Melo, Virgilino Caixeta e José Ângelo. Outros pracinhas foram convocados mas não chegaram a embarcar para a Itália. Um detalhe interessante: nessa época, reparem, o Cine Teatro Real e o prédio de William Tartuci, na esquina da Praça com a Av. 20 de Agosto, ainda não haviam sido construídos. O extenso muro ao fundo cerca a área onde ficava a residência do senador Antônio da Silva Paranhos, assassinado em fins do século XIX. Era um casarão que ficou conhecido como "O casarão dos Paranhos". Na segunda fotografia o mesmo monumento é mostrado nos dias atuais. A vegetação da praça, hoje, é bem mais variada. Contudo está merecendo muito mais cuidado.

Um comentário:

  1. meus sinceros agradecimentos a esta homenagen aos praçinhas,pois o praçinha virgilino caixeta e´ meu tio e voltou da guerra com todas as honras;mas passou o final de sua vida e veio a faleçer no hospicio de goiania adauto botelho.Infelismente ate entao nunca mais se falou nisso;agora depois de tantos anos sua memoria de um grande cidadâo esta sendo prestigiada.Muito obrigado;a familia caixeta agradeçe de coraçao.

    ResponderExcluir