quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Uma casa, um crime

Fotografia do inicio dos anos 1960, talvez fim dos 50. Av. 20 de Agosto e a residência de Antônio Ribeiro, onde foi erguida a Galeria Antônio Ribeiro e o conjunto de lojas ao lado. Ali, em 19 de agosto de 1982, no alpendre, no final de tarde, início de noite, Da. Nair Ribeiro, viúva de Antônio Ribeiro, foi assassinada com um tiro, pelo filho de um ex-funcionário da fazenda da família. Após o crime, o bandido ainda cometeu atentados contra algumas das pessoas que participaram do júri que o condenou. O assassino cumpria pena no Cepaigo, em Goiânia e estava em liberdade condicional. Em função do medo que se espalhou pela cidade, naquele ano o desfile de 20 de agosto foi cancelado. Dois dias depois, o criminoso foi morto em confronto com a polícia, na zona rural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário